Usar micro-ondas causa câncer ?

Foto: pexels
0

Receba novidades em tempo real diretamente no seu dispositivo, é Grátis !

Você provavelmente possui um micro-ondas. Será que ele é perigoso? Ele será capaz de prejudicar sua saúde um dia? Existe a possibilidade de que este eletrodoméstico cause câncer em alguém?

Neste artigo, vamos esclarecer alguns mitos que rondam o uso do micro-ondas e com os quais, de acordo com a ciência, você não precisa se preocupar.

Muitas pessoas acreditam que a radiação de micro-ondas causa câncer. Mas isso é mentira. A radiação do micro-ondas não causa câncer, apesar da “má reputação”.

Entenda melhor como o micro-ondas funciona:

  • O que acontece é que a palavra “radiação” tem uma conotação negativa, mas a realidade é que a luz do sol também contém radiação, e nem por isso ficamos presos dentro de casa com medo de câncer.
  • As formas de radiação tipicamente associadas ao câncer são aquelas com energias ou frequências suficientemente altas para ionizar – ou remover elétrons de – átomos ou moléculas e, portanto, causarem danos em nossas células.
  • As formas de radiação de alta energia incluem raios X, raios gama e alguma radiação ultravioleta.
  • A quantidade de radiação que pode vazar de um microondas está abaixo dos níveis que poderiam causar danos. Ou seja: não tem problema nenhum você usar o seu microondas em paz.
  • Ele só será capaz de causar câncer em alguém se os níveis de radiação por ele emitidos estiverem fora do que é permitido por lei. Mas se a empresa que o produz for séria, teoricamente você está seguro.
  • As micro-ondas são uma forma de radiação de energia muito mais baixa. Portanto, embora possam fazer com que as moléculas vibrem, como as moléculas de água em nossas sobras, eles não alteram a estrutura química do alimento por ionização ou por qualquer outro meio.

Outro mito que também é comumente espalhado sobre a utilização do micro-ondas é que o aparelho poderia remover os nutrientes dos alimentos. Isso também é mito. O micro-ondas não remove os nutrientes dos alimentos.

O que acontece é que o próprio fato de cozinhar um alimento pode fazer com que algumas propriedades importantes sejam perdidas. No entanto, isso não tem a ver com a forma como ele é cozido, e sim com o ato de cozinhar em si.

  • Embora seja verdade que alguns nutrientes, como a vitamina C por exemplo, se quebram quando expostos ao calor, isso não é apenas um problema de cozimento no microondas, mas pode ocorrer independentemente de como o alimento é aquecido.
  • Na verdade, os alimentos normalmente passam menos tempo no microondas, o que significa que há menos oportunidades para esses nutrientes se decomporem.
  • As micro-ondas também podem ter vantagem sobre outros métodos de cozimento porque usam menos água, que é conhecida por extrair nutrientes dos vegetais, como quando eles são fervidos.

Portanto, lembre-se: não podemos usar o micro-ondas como desculpa para não comer nossos vegetais!

Receba novidades em tempo real diretamente no seu dispositivo, é Grátis !

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais