lixo eletronico

Empresa recicla seu lixo eletrônico e paga por isso

O que fazer com seus computadores e celulares velhos ? A empresa americana EcoATM quer incentivar os consumidores a reciclar seu lixo eletrônico, que provavelmente seria descartado em lixo comum, indo para aterros, em vez disso a empresa descarta de forma correta e você ainda ganha dinheiro. Loucura a EcoAtm, diz que não.

As estações (foto abaixo) dirão identificar visualmente os dispositivos eletrônicos do consumidor, uma vez que é colocado no quiosque, a máquina faz uma inspeção no equipamento e com base nesta avaliação, a máquina oferece ao usuário o preço que pagará pelo item. Se o usuário concorda com o preço, a máquina recolhe o dispositivo e o proprietário é imediatamente pago, o pagamento pode ser em dinheiro, cupons de desconto, ou cartões de vale presente.

O sistema pode demorar alguns minutos (veja abaixo), mas a empresa diz estar trabalhando nisto. Em um ano de testes, ecoATM já reciclou mais de 50 mil dispositivos, de acordo seu co-fundador Mark Bowles. A empresa fez um financiamento de U$ 14 milhões para expandir agressivamente seus quiosques. O Google esta colocando um quiosque da ecoATM em Mountain View dentro das próximas semanas, e no campus da Microsoft em Redmond já tem um.

Mas a má noticia é que esta tecnologia não chegou ainda no Brasil, apesar do governo já ter aprovado a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que determina que União, Estados e municípios elaborem planos para tratar de resíduos sólidos, estabelecendo metas e programas de reciclagem. Também proíbe lixões e afirma que cabe às indústrias o descarte de produtos eletrônicos, entre outros.

E a boa noticia, é que muita gente no Brasil esta se movendo para melhorar o descarte de lixo eletrônico. Uma das iniciativas é o site , em o usuário digita seu cep, e o tipo de lixo eletrônico que quer destinar corretamente, e a ferramenta associa a plataforma do Google Maps com um Banco de Dados dos postos de coleta de “e-lixo”. Por enquanto a ferramenta só traz dados do estado de São Paulo.

O impacto ambiental de centenas de milhares de computadores, geladeiras, baterias de celulares, incontáveis milhões de CDs e DVDs que são descartados todos os dias é enorme. Não se pode negar os ganhos que a informatização e as telecomunicações agregaram à sociedade nas últimas décadas, mas também não se pode ignorar a emergência de pensar de forma criativa e crítica sobre o impacto do e-lixo na vida cotidiana do planeta.

E na sua cidade, há alguma iniciativa ? Deixe no comentários, pois talvez utilizaremos em uma nova matéria sobre e-lixo!

Atualização 2023, lixo eletrônico no Brasil

Agora no Brasil tem 3,4 mil pontos de descarte de eletrônicos para reciclagem, mas poucas delas pagam, também já há 21 centrais de logística reversa em capitais, com a cobertura para mais de 1,5 mil municípios.

 A ABREE também compartilha orientações sobre como efetuar o descarte de resíduos eletroeletrônicos e eletrodomésticos, visando contribuir para um estilo de vida mais consciente.

Confira aqui onde reciclar seu lixo eletronico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *