Motorista de ônibus escolar agride aluno autista

0

Receba novidades em tempo real diretamente no seu dispositivo, é Grátis !

O caso aconteceu em Santa Bárbara d’Oeste, um estudante autista de 18 anos foi agredido e ameaçado por um motorista de um ônibus escolar, as imagens gravadas pelo celular de uma das alunas que estavam no coletivo mostram que o homem puxa a orelha do jovem, dá tapas na perna e ameaça “dar um soco na boca” caso ele tente tirar o cinto de segurança novamente. O vídeo foi gravado na quinta-feira (12), quando o menino voltava da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

No vídeo o motorista dá um soco no painel do ônibus e afirma que “é isso que ele vai fazer na boca” do garoto, se ele tirar o cinto de segurança. Depois, o homem olha várias vezes para trás enquanto dirige e diz que o jovem não vai mais andar na frente do coletivo. Nas imagens também é possível ver que chovia no momento da discussão.

Após as ameaças, o garoto tira o cinto de segurança e recebe tapas na perna do motorista. Minutos depois, o homem para o coletivo, se aproxima do estudante, puxa a orelha e afirma novamente que vai dar socos na cara do jovem, com o punho em riste. Durante a discussão, o condutor, que é funcionário da Prefeitura de Santa Bárbara, chama o aluno de “palhaço”. Veja:

“Bate aqui palhaço. Você não vai mais na frente, eu não vou deixar você ir na frente. Põe o cinto agora. Olha o tamanho do meu braço, eu quero que você tirar o cinto. Põe o cinto agora seu palhaço. Põe que eu estou mandando. Você tá me ouvindo? Eu não tô brincando com você. Vou pegar você e dar um soco no meio da boca”, diz o motorista durante a discussão.

A família está em choque e vai decidir amanhã o que será feito.“É inaceitável. Eu não entendi, ele leva meu filho há seis anos e nunca aconteceu nada. Não compreendo um descontrole desse”, disse mãe do jovem autista.

Já a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste afirmou, em nota oficial, que a Secretaria de Educação ainda não teve acesso ao vídeo de maneira oficial e não tem “informação de qual seria a linha, funcionário envolvido e quando teria ocorrido”. Além disso, o Executivo informou que os ônibus costumam ter moradores mas que na quinta-feira um deles havia faltado. Se confirmar a ocorrência, “o funcionário será afastado e uma sindicância será instaurada para apurar os fatos”. Com informações do Jornal o Todo Dia

Receba novidades em tempo real diretamente no seu dispositivo, é Grátis !

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais