Um em sete adolescentes brasileiros adiciona mãe como amiga no Facebook

0

Receba novidades em tempo real diretamente no seu dispositivo, é Grátis !

O Facebook fez uma pesquisa com usuários brasileiros revela que um em cada sete adolescentes entre 13 e 18 anos (13,8%) adiciona a mãe como amiga na rede social. É necessária certa dose de coragem, diriam alguns filhos (e de várias faixas etárias), para dar esse mesmo passo.

Afinal, a probabilidade de a sua mãe comentar algo constrangedor na frente dos amigos existe. Como aquele apelido de infância (Tchuquinho, que lindo nessa foto!), uma bronca (Carlos Eduardo Neves e Silva, ainda não arrumou a bagunça no quarto e já está no Face ?) ou mesmo um recado (Papai disse que deixou o dinheiro da mesada na mesa).

De toda a forma, é possível para filhos e mães conviverem em paz. Porque, filhos, as configurações de privacidade do Facebook estão aí pra isso (e pra muito mais também). E o próprio Facebook recomenda, antes de tudo, que as mães ajudem os adolescentes a entender a importância (e impacto) de estar em uma rede social.

Cuidados pais :

Ter os pais como amigos em redes sociais pode ser legal ou uma experiência vexatória. Sem a noção de que tudo que é postado na rede está disponível para amigos, alguns pais acabam perdendo a mão no Facebook e envergonhando os filhos; veja :

Em uma das primeiras respostas, uma amiga diz: “Até parece que isso vai funcionar”. Aí entra a mãe de Danny perguntando o que significa a sigla DTF (down to fuck, com vontade de fazer sexo). O filho responde: “Usar o Facebook”. Para melhorar a zoeira do filho, a mãe inocentemente pergunta se agora que ela tem um perfil no Facebook, é possível considerar que ela está DTF. E Danny responde: “Lógico, mãe!”

Aprenda com o seu filho

Os adolescentes de hoje cresceram com a Internet, telefones celulares e mensagens de texto. A maioria deles não faz a distinção da sua vida on-line e off-line. Novas tecnologias sempre foram parte de suas vidas, portanto, quando as consideramos triviais ou uma perda de tempo, estamos criticando uma parte grande de suas interações sociais. Você provavelmente já sabe disso, mas a não ser que você domine as mídias sociais, é muito provável que o seu filho adolescente saiba mais sobre elas do que você. Isso não é um problema. Não tenha medo de pedir que seu filho lhe ensine as noções básicas!

Receba novidades em tempo real diretamente no seu dispositivo, é Grátis !

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais